Turismo Flores da Cunha

APRECIE
FLORES

ATRA
TIVOS

APRECIE
FLORES

ATRA
TIVOS

Praça Regional da Uva - Otávio Rocha

Em frente à Igreja Matriz de Otávio Rocha, encontra-se a Praça Regional da Uva, onde são homenageados os municípios maiores produtores de uvas do Estado. No local encontra-se ainda estátua de um leão alado, monumento ao carreteiro, monumento do 3º Milênio e a Nossa Senhora da Uva e também um busto em homenagem ao Dr. Otávio Rocha. PRAÇA REGIONAL DA UVA A sugestão do nome Praça Regional da Uva dada por Floriano Molon foi aceita pela Câmara de Vereadores e pelo Prefeitura, sendo à época o Prefeito Cláudio R. Bedin. Como uma forma de pressão para que a Prefeitura realizasse a obra, a construção da Praça, foi incluída a sua inauguração dentro do programa da VIII FESTA DO COLONO, programada para o período de 25 a 27 de julho de 1980. A Prefeitura além de realizar a obra da construção da Praça propriamente dita, com canteiros e corredores, fez os convites aos Prefeitos da região: ANTÔNIO PRADO, BENTO GONÇALVES, CAXIAS DO SUL, FARROUPILHA, FLORES DA CUNHA (anfitrião), GARIBALDI, SÃO MARCOS e VERANÓPOLIS. A Praça Regional da uva é o cartão-postal de Otávio Rocha com suas parreiras, monumentos, diversidade de árvores nativas e muitas flores. A partir da 21ª FESTA DA COLÔNIA, em 25 de julho de 1993, os novos municípios de NOVA PÁDUA, NOVA ROMA DO SUL, IPÊ, MONTE BELO DO SUL, VILA FLORES e SANTA TEREZA, também possuem na Praça uma parreira que os identifica. NOSSA SENHORA DA UVA Pelo ano de 1997 o Padre José Casanova entregou de presente ao vigário Pe. Homero Rui Rossi, vigário de Otávio Rocha, um quadro de N.S. da Uva, comprado em 1964 em Paris. A reprodução se origina de um quadro do pintor francês Pierre Mignoud (1612-1695) Pe. Homero expôs o quadro na Igreja Matriz durante a vindima e depois foi guardado na Casa Canônica. Foi tentado desde então gestionar junto ao vigário para fazer um altar, ou um local especial, para colocar o quadro no interior da Matriz. Apenas em 2000, diante da possibilidade de se fazer um monumento na Praça para assinar a passagem do terceiro milênio, surgiu a ideia de incluir referida estampa no monumento, que deveria ser inaugurado por ocasião da 9ª FECOUVA. Assim, com o apoio da Associação dos Amigos de Otávio Rocha e da Prefeitura de Flores da Cunha foi construído o Monumento do 3º Milênio e colocado em destaque uma reprodução do quadro na Praça Regional da Uva. Foi feita uma oração ao Frei Moacir Molon, diretor do Correio Riograndense e em 25/02/2001 foi inaugurado o monumento. O monumento é composto de uma pirâmide futurista, com duas peças triangulares, com um dos ângulos para o centro da terra, representando os dois milênios passados e outra em forma de triângulo, em aço inoxidável, representando o novo milênio de esperança e de luz que está nascendo. A pirâmide, em suas três pontas, repousa sobre três pontos cardeais, ficando a parte da frente livre, para acolher o nascer do sol pelo leste. Embaixo deste conjunto sob um pedestal de pedra, representando uma bordalesa, está um quadro de Nossa Senhora da Uva. Em 25 de julho de 2004 o artista plástico Jovino Nolasco de Bento Gonçalves, inspirado no quadro do pintor francês apresentou uma modelo de imagem de Nossa Senhora da Uva. Ele foi aluno nos maiores mestres santeiros do Nordeste brasileiro. RUAS COM NOMES DE UVAS Em fevereiro de 1975, no ano do centenário da colonização italiana, por sugestão do Vereador Dr. Claudino Muraro, então respondendo pela Prefeitura Municipal de Flores da Cunha, foi aprovada, pela comunidade e posteriormente pela Câmara de Vereadores, a troca de todos os nomes das ruas por nomes de espécies de uvas. Tal iniciativa teve muito boa repercussão. Acolhendo sugestão apresentada pelo Dr. Claudino Muraro, atual prefeito em exercício, os nomes das suas ruas foram alterados, recebendo como denominação o nome de uvas cultivadas na região de Otávio Rocha. Assim sendo, proximamente, a atual rua Otávio Rocha passou a denominar-se Avenida Uva Itália: em 1º lugar como uma homenagem ao País de origem dos primeiros povoadores dos distritos e em segundo como uma das mais nobres uvas cultivadas na terra. Outras uvas, como a histórica Isabel, Barbera, Bordô, Moscato, Bonarda, Alphonso Lavalle, Perlona, Hamburgo, Saibel e Niágara, serviram para denominar as demais ruas da vila. A Lei Municipal nº 750, assinada pelo Prefeito Raymundo Paviani em 27.01.1977, oficializou as alterações propostas, com a atual denominação dos nomes das ruas.

CONTINUE LENDO
Gota de vinho 1
Gota de vinho 2
Gota de vinho 3
Gota de vinho 4
Gota de vinho 5

INS
TA
GRAM

#APRECIEFLORES

Utilize a hashtag #aprecieflores e compartilhe conosco seus momentos em Flores da Cunha.